Porque a família é importante?

Para assegura uma proteção eficiente de sua casa, cada vez mais nosso povo emprega recursos em produtos de segurança patrimonial.

Contratam vigilância privada, cães amestrados, câmeras multifuncionais entre outros itens.

Alguns preferem residir em condomínios fechados, por sentirem-se mais seguros, por haver controle de acesso de pessoas na portaria.

nos diversos casos, os gastos são muitos em uma situação em que a maioria das pessoas não dispõem de tantos investimentos. Investir na segurança pessoal e familiar é um fato incontestável.

Contudo, muitos não atentam para outro tipo de segurança, que é ainda mais necessário, e que tem sido negligenciado.

Falamos da segurança emocional que se pode alcançar no companheirismo de um casamento harmonioso e de uma vida em família em que há amor e respeito.

Ao enfrentar as situações mais desafiadoras em um mundo cheio de incertezas, marido, mulher e filhos precisam saber que há um lugar para voltar depois de um dia difícil de atividades.

A melhor segurança é Deus e família

Precisamos de um lugar em que existam aceitação e compreensão. Foi por isso que Deus criou o casamento e a família.

Deus quer dispor seus filhos em igreja, conforme atos dos apóstolos, de forma em que seja necessário, para que consigamos ultrapassarmos juntos as adversidades da vida. Muito embora, ocorra situações desafiadoras, as retribuições são incomuns.

As escrituras estão turgidas de aconselhamentos de forma a nos ajudar e a nos expandir nos relacionamentos familiares, de maneira bem-sucedida, que ofertem autoafirmação.

De certa forma, é improvável obstar que os relacionamentos familiares suportem danos ou lesões. No entanto, à proporção que empregamos o conhecimento milenar da palavra de Deus em nosso convívio familiar, ficamos mais fortes.

Isso, só é possível, quando nos propomos a estar sempre juntos com nossa família, amadurecendo juntos.