É UM PRESENTE DE DEUS FALAR EM LÍNGUAS?

É um presente de Deus falar em línguas?

Falar em línguas como vemos hoje nas igrejas cristãs é um fenômeno relativamente novo que data do início do século XX.

Por que é isso? E de fato o que estamos vendo hoje é o mesmo dom que capacitou os discípulos de Jesus no Pentecostes?

Os discípulos receberam a habilidade essencial de falar nas línguas das nações vizinhas, para que pudessem pregar o evangelho na língua nativa de todos aqueles que encontrassem.

Se o que vemos nas igrejas hoje é o mesmo dom, por que ele esteve ausente da igreja por mais de 1800 anos?

Por toda a Bíblia, é visto que Deus deu a Seu povo dons espirituais para capacitá-los a fazer o que era necessário para um propósito específico em um determinado momento.

É fácil ver por que Deus achou necessário dar o dom de Falar em Línguas à Igreja primitiva. De que outra forma homens sem educação poderiam espalhar o evangelho?

A questão é, então, por que razão o dom de Falar em Línguas foi reintroduzido na igreja após uma ausência tão longa. A que possível propósito isso serve agora que a igreja está estabelecida em quase todos os cantos do mundo?

Precisamos notar também que quando o genuíno dom de línguas foi dado, com o propósito de evangelizar, eles entenderam o que estavam dizendo. 1 Coríntios 14: 15-16 O que é então? Orarei com o espírito e orarei com o entendimento também: cantarei com o espírito e cantarei com o entendimento também. Senão, quando abençoares com o espírito, como dirá o amém na tua ação de graças aquele que ocupa o lugar dos indoutos, visto que não entende o que dizes?

O que estamos vendo nas igrejas hoje é o dom genuíno, ou Satanás de alguma forma foi capaz de se infiltrar no mundo cristão e enganá-los com uma falsificação de um dos presentes de Deus para seus próprios propósitos?

A Bíblia nos avisa que no fim dos tempos haverá um grande derramamento de falsos milagres, sinais e maravilhas que enganarão grande parte do mundo cristão.

Marcos 13:22 Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão sinais e prodígios, para enganar, se possível, até os eleitos.

A maioria dos cristãos está totalmente alheia ao fato de que falar em línguas também é praticado em muitas religiões não cristãs.

É praticado em rituais africanos e em voo doo e religiões ocultistas. Estudos independentes descobriram que não há distinção de línguas entre os cristãos e os seguidores de religiões não-cristãs (pagãs).

Um dos atributos mais importantes do Espírito Santo é que Ele nos guiará à verdade. João 16:13 Porém, quando ele, o Espírito da verdade, vier, ele os guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo; A verdade é o entendimento da mensagem completa e verdadeira do evangelho de que nossos pecados podem ser perdoados pelo sangue de nosso salvador Jesus.

A mensagem de que somos salvos pela graça e não pelas obras, e que aqueles que são salvos serão obedientes à vontade do Pai e seguirão Seus mandamentos, assim como Jesus também instruiu. João 14:15 Se vós me amais, guardai os meus mandamentos.

O fato de muitas igrejas que praticam o falar em línguas também estão ensinando que não temos mais que obedecer aos mandamentos, o que contradiz diretamente o que Jesus ensinou quando disse Mateus 5:18 Pois em verdade vos digo, até que o céu e a terra passem, um jota ou um til não deve passar da lei, até que tudo seja cumprido deve nos fazer dar um passo atrás e dar uma segunda olhada se este fenômeno sendo praticado em nossas igrejas é de Deus ou de outra fonte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.