amar a si mesmo e aos outros.

Paciência e bondade.

Há três coisas que se precisa para ter-se um relacionamento de amor com Deus, nós mesmos e com outras pessoas, essas três áreas são onde estão todos os nossos campos de batalha e onde nossos desafios e dificuldades começam a surgir.

O mais difícil é que isso significa, que realmente devemos nos amar muito, e as pessoas veem que, de uma maneira estranha, pode ser um caminho negativo, mas o amor não pode ter seu trabalho de aperfeiçoamento, a menos que haja um fluxo de Deus através de nós para os outros.

Por muitos anos as pessoas tentam amar o próximo, mas não estão amando seu vizinho como eles mesmos. Estão evitando os problemas em seu coração, estão evitando a si mesmos, e eles não sabem amar a si mesmos e isso cria esse bloqueio no fluxo do amor.

O que é o amor?

E é exatamente isso que o amor é, o amor é um fluxo que primeiro recebe amor de Deus, para amá-lo de volta.

A Bíblia diz que o amamos porque Ele nos amou primeiro, por isso temos que aprender o que significa receber amor, e isso é uma referência estranha para muitas pessoas e, além disso, nós respondemos e o amamos de volta, mas esse amor tem seu trabalho.

Quando somos verdadeiramente capazes de amar a nós mesmos e nos vemos da maneira que Deus nos vê e, a partir disso, começamos a amar os outros através desse fluxo e se eles nos amam de volta realmente, toda a realidade é apenas uma adição.

Caso contrário, esperaremos e precisaremos que as pessoas sejam algo para preenchermos as áreas que realmente só Deus pode preencher, mas temos que participar e aprender o que significa receber esse amor.

CAMINHOS que te guiam PARA A FELICIDADE.

Vou mostrar duas maneiras que podem lhe ajudar a aprender a se amar, quando você olha para as Escrituras, diz nos primeiros coríntios que o amor é paciente e o amor é gentil.

Eu acredito nessas duas primeiras palavras, estabeleça o precedente para o que o amor significa na vida de nosso relacionamento com Deus, nosso relacionamento com nós mesmos e o relacionamento que temos com o mundo ao nosso redor.

Mas na verdade você precisa começar em algum lugar e se vai começar a aprender a se amar do jeito que é, do jeito que Deus te ama, você precisará aprender a exercitar a mentalidade, os comportamentos e os padrões de paciência e bondade.

Agora, simplificarei as definições deles para que você possa aplicá-los, sendo elas:

Paciência:

Se eu quiser aprender a me amar do jeito que Deus me ama, eu tenho que aprender a ter paciência, é o que o amor transmite.

Portanto é uma coisa que você pode praticar hoje, é fazer uma decisão com suas palavras, pensamentos, foco e energia.

Estabelecer um ambiente em que será paciente com você mesmo, você vê que a paciência é uma das ferramentas mais poderosas que você pode exercitar como vencedor e que pode levar para a vida.

As escrituras dizem : deixe a paciência ter o trabalho perfeito que você pode estar completo e, quando você tiver paciência, está realmente engajando no amor.

E agora?

Você precisa tomar uma decisão hoje que diga que, nas suas circunstâncias, na sua situação, vai ser paciente consigo mesmo.

Porque o que você está exercitando é o que vai dar aos outros se for paciente e se intencionalmente tiver paciência consigo mesmo, vai dar isso nos relacionamentos que você criar, perceba que a maioria de nós fica duro conosco.

Nos apressamos por não chegar a algum lugar mais rápido e sentimentos toda aquela pressão, e então descansamos, entramos em todos os tipos de esforço, obtemos todos os tipos de desempenho.

Bondade:

É o que o amor transmite; portanto, quando engajado em bondade, começamos a acessar o pensamento em palavras e ações.

Como posso ser gentil hoje comigo mesmo?

A maioria das pessoas, tem lutas acontecendo dentro dela e um componente em que não são gentis consigo mesmos, são durões consigo mesmos, põem tanta pressão e expectativas irreais e então, no final do dia, eles estão exaustos, esgotados e desgastados

E então durante todo o dia esses pensamentos desapareceram, e ainda estamos esgotados.

Por isso lhes incentivo, para que começem a dizer para si mesmo…

O que você poderia fazer?

Você se levanta e olha no espelho e começa a dizer para si mesmo, talvez hoje você precise começar dizendo palavras sobre você que são gentis, talvez você queira começar com “Deus me ama”, “eu me amo, eu tenho o que é preciso para superar hoje”.

Você percebe que os elogios, estão começando a dar vida ao seu coração, em vez de se auto detestar, sentir pena de si mesmo ou apenas se dirigir até o limite.

Quero encorajá-los hoje a acessar esses dois pilares da paciência e bondade, porque essas são as coisas que você utilizará em seus relacionamentos com outras pessoas e consigo mesmo.